segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Lixo Extraordinário, Vik Muniz





Sei que todo mundo já está sabendo que o documentário Lixo Extraordinário foi indicado ao Oscar. Mas faço questão de falar dele aqui, mesmo que tardiamente. Acho que a notícia deve ser muito falada, comentada. A arte funciona muito bem quando nos chama a atenção para assuntos de importância social. Muitos artistas têm trabalhado essa temática e apoio porque isso é bom.
E Vik Muniz é espetacular em transformar “lixo” em arte.
Vik é brasileiro e mora em Nova York, mas o documentário foi feito no aterro sanitário de Gramacho, no Rio de Janeiro. Ele retratou os catadores em grandes obras com objetos descartados. Ainda não vi o filme, mas estou louca para ver.
Vamos torcer por ele, por seu documentário, que continue sensibilizando as pessoas.

Radiação Solar









Enquanto a maioria de nós ainda não considera os efeitos do nosso modo de vida baseado no consumo e descarte de bens, a radiação solar chega a níveis alarmantes.
Com o acúmulo cada vez maior de CO2 na atmosfera geramos mais calor no planeta. Os desmatamentos, o lixo produzido ferozmente e os combustíveis fósseis são responsáveis. A situação se agrava com o derretimento das calotas polares que são responsáveis pela reflexão dos raios solares. Não são apenas os ursos polares que estão correndo risco de vida com o derretimento, mas todods nós.
Por enquanto, o protetor solar deve dar conta do recado. Mas daqui a adiante teremos que inventar novas maneiras de suportar a radiação solar e sobreviver. Viveremos em bolhas ou passaremos por uma evolução genética, uma mutação no melhor estilo X-Men...

Convergência e Sustentabilidade



Nada melhor do que começar um ciclo novo organizada. Comecei o ano reorganizando minha vida pessoal e profissional. Alem de manter o Ciclicca no ar, atuo como designer e consultora, estou investindo em uma linha de produtos infantis e preparando uma tese (doutorado). No meio de muitos projetos e com filho pequeno é fácil se sobrecarregar.
Então já viu, né? Organização é uma necessidade vital para mim.
Outra coisa importante nessa organização tem sido a necessidade de convergência. Grande parte dos meus projetos se complementam ou têm conecção através do design e da sustentabilidade.
É a partir dai que devem surgir algumas mudanças no Ciclicca. Aos poucos vou incerindo as novidades aqui. A primeira delas, talvez a mais representativa, seja a sua definição.
As definições anteriores, Empório eco-sustentável e Laboratório da vida sustentável, não são mais adequados para exprimir tudo que eu desejo que o Ciclicca seja. O Ciclicca nunca foi um site de vendas, mas de apoio a artistas, artesãos e atividades sustentáveis. O Ciclicca também não é só um laboratório de sustentabilidade. Além de divulgar o tema, desenvolvo pesquisas e projetos especiais seja para empresas ou particulares interessados.
Adoto então um subtítulo único, pensado a partir dessa necessidade de convergência entre a minha atuação como designer, pesquisadora e consultora voltada para assuntos relacionados à sustentabilidade:
Ciclicca - Bureau de Design Sustentável!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Lisa, The tree hugger


 
Assim como a ativista Julia Buterfly fez, Lisa Simpson subiu em uma enorme sequoia para evitar que fosse derrubada. A Julia passou 2 anos no topo da Luna (como ela chamava a árvore) até que a empresa responsável desistisse de devastar a floresta. Veja a história da Luna aqui.

Abaixo o roteiro do episódio:
Após assistir a um comercial do mais recente game, Bart atira na lareira seu "velho" aparelho. Quando o desejo de fazer com que Marge e Homer comprem uma peça de reposição fracassa, Bart arruma emprego como recepcionista em um restaurante Tailandês. Lisa fica estarrecida com o desperdício de papel usado para fazer o cardápio. Mais tarde, os Simpsons viajam até Krustyburger para uma refeição. No terraço do restaurante estão quatro manifestantes, com roupas de couro cru, condenando a indústria de Krusty pela destruição das florestas tropicais para serem usadas como pasto. Krusty nervoso nega a acusação, apodera-se de uma espingarda de chumbo de um policial, e abre fogo. As vacas ficam crivadas de chumbinhos. Pouco depois, Wiggum aprova o uso de gás que atinge no terraço um lindo adolescente de curtos cabelos loiros encaracolados. De imediato, Lisa apaixona-se pelo lindo manifestante, levado embora em um carro de polícia. Através de um noticiário de televisão Lisa fica sabendo que seu adorado é Jesse Grass, líder do grupo ecológico radical Dirt First. Mais tarde, Lisa visita Jesse na prisão. Ela está entusiasmada com sua dedicação à causa, mormente quando toma conhecimento de uma próxima reunião. Mais tarde, em um depósito, Lisa ouve extasiada como Jesse dirige a palavra ao grupo de ativistas. Primeiro item da pauta é a crise principal: Springfield faz uma licitação dos direitos de corte de madeira da mais antiga sequóia da cidade, e então, um rico Texano pretende cortá-la. Lisa diz a todos que devem lutar para salvar a sequóia. Mais tarde, ela pede permissão a Homer e Marge para agir neste sentido, mas seu pedido é negado. Na mesma noite, Lisa foge e arma-se de coragem para escalar a enorme árvore. Ela alcança um ramo e se acampa. No dia seguinte, quando o rico Texano e seus homens aparecem para derrubar a sequóia, Jesse mostra a garota sentada na árvore. O ardil funciona: o plano do Texano precisa ser interrompido. Mas com o passar do dia, Lisa sente vontade de ficar com sua família. No meio da noite, ela abandona seu posto, pretendendo voltar em uma hora. Mas ao chegar em casa, cai em sono profundo acordando somente na manhã seguinte. Aterrorizada, Lisa monta em sua bicicleta pedalando de volta à árvore. Mas chegando ao seu destino, tudo que ela encontra é um toco irregular. Assistindo o noticiário, Lisa fica sabendo que a árvore não foi cortada, mas sim atingida por um raio. De início, a culpa de Lisa permanece. Porém ela percebeu que o raio foi atraído pelo balde de metal por ela deixada no ramo da árvore. O repórter Kent Brockman relata que o destino de Lisa Simpson (a última a ser vista na árvore) é desconhecido. Lisa diz à sua família que o mundo deve saber que ela não está morta. Isto é, até que o rico Texano declare sua intenção de transformar toda a floresta na Reserva Florestal Lisa Simpson. Jesse, eliminando sua apreensão, faz erigir um memorial para sua amiga. Lisa decide que deve permanecer escondida, porque se o mundo descobrir que ela está viva, a reserva estará perdida e Jesse descobrirá que foi por culpa dela que a árvore fora atingida pelo raio. Mais tarde, a população reúne-se na floresta em honra ao memorial de Lisa. O rico Texano aproveita a oportunidade para anunciar um parque de diversões em homenagem a Lisa, em lugar da reserva natural. Ofendida, Lisa continua com seu intento. Os Dirt Firsters cortam a árvore, ou o "tronco Lisa" fazendo-o rolar morro abaixo destruindo uma loja de Hemp City. Mais tarde, Lisa visita novamente Jesse na prisão, onde Marge vê Jesse beijando sua filha na fronte. Marge agarra Lisa pelo braço e a arrasta para fora. Entretanto, o "tronco Lisa" continua em sua trilha de destruição.

Fonte:  http://www.canalfox.com.br/br/series/sinopse/125-5910

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Natal Sem Fome 2010 no PICNIC Mirabolante





Durante o PICNIC Mirabolante de 2010 estivemos recolhendo doações para a campanha Natal Sem Fome dos Sonhos. As doações foram entregues à Ação da Cidadania Contra a Fome, a Miséria e Pela Vida no dia18 de dezembro, a segunda-feira após o PICNIC, último dia para participar.
É o segundo ano que o Ciclicca participa dessa campanha iniciada pelo sociólogo Betinho em 1993 e que já é conhecida dos cariocas.
Queria agradecer aqui ao pessoal que contribuiu para o Natal das crianças menos favorecidas, mesmo quem não foi para participar do nosso picnic e apenas levou as doações: 
Muito obrigada!

Fotos: Ação da Cidadania.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Ideia de Fé Mimirabolante


Na quarta-feira,19/01/2011,eu estava na sala de reuniões do meu edifício organizando as doações,quando me veio a idéia de escrever pequenas frases de estímulo ou força para as pessoas que vão receber os donativos.Pequenas porém significativas expressões verbais,tais como: - FÉ ! Acredite em Deus ! Tudo isso vai passar! Estamos torcendo para que tudo dê certo ! E etc.....fui colando com o durex em algumas sacolas,caixas,embalagens .....no dia seguinte,ao ler o jornal O Globo,li uma reportagem onde várias quentinhas haviam sido distribuídas com mensagens do Evangelho.Me senti mais feliz ainda.O ser humano está em sintonia,ainda que longe uns dos outros nos conectamos em energias positivas.Esta embalagem faz parte das doações que serão arrecadadas pelo Serra Azul Jeep Clube.No próximo sábado,dia 29/01/2011,faremos uma reunião para traçarmos os planos de entrega e ajuda aos desabrigados.Estamos vivendo momentos bem difíceis,e além de comidas,remédios,roupas,eles necessitam de um apoio maior e mais efetivo.Falo da reconstrução de suas próprias vidas e de seus larese até que ponto podemos ajudar.

Obrigada
Monique

Texto e foto: Monique Futscher, Mimirabolantes.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Mensagens de solidariedade para os moradores da Região Serrana do Rio


Além do apoio material (veja como e o que doar clicando aqui), você pode contribuir enviando sua mensagem de APOIO e INCENTIVO aos moradores da Região Serrana no Rio afetada pela chuva.
Deixe um comentário aqui que ele será enviado junto com donativos.

Bodas de Madeira





Hoje é meu aniversário de casamento!
Só liguei o computador porque preciso postar uma mensagem sobre a Região Serrana.
Minha amiga Monique Mimirabolantes tem conversado comigo sobre que tipo de ajuda moral podemos oferecer. Vocês verão como participar no próximo post. Veja as postagens da Mimirabolantes também.
Aproveito para compartilhar com vocês umas fotos do meu album de casamento...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Abraçamos a natureza no PICNIC Mirabolante





Tinha guardado um lindo e enorme calendário de 2009 com ilustrações de pássaros nativos do Brasil. Tirei umas folhas e recortei bonequinhos de mãos dadas. Eles foram amarrados com um lacinho nas palmeiras do bosque representando simbolicamente nosso abraço, nossa união em torno da natureza. 
Costumo guardar embalagens, sacolas, entre outros objetos de papel ou papelão para reutilizar em projetos diversos. Boa parte deles acaba virando decoração para as festas de aniversário do meu filho. Guardei os bonequinhos para uma próxima.

Debate: O que eu faço pelo meu ambiente!

2011: Ano Internacional das Florestas



A ONU decretou que 2011 é o ano internacional das Florestas. Essa é a logo que eles fizeram para representar a campanha e a importância da floresta para a nossa vida.
Estava pensando qual vai ser o tema da festa do meu pequeno esse ano e decidi: Florestas! O aniversário dele é só em maio, mas até lá muito trabalho a ser feito. Enquanto isso vou  postando aqui minhas pesquisas sobre o tema.

The International Year of Forests 2011 (Forests 2011) logo is designed to convey the theme of “Forests for People” celebrating the central role of people in the sustainable management, conservation and sustainable development of our world’s forests. The iconographic elements in the design depict some of the multiple values of forests and the need for a 360‐degree perspective: forests provide shelter to people and habitat to biodiversity; are a source of food, medicine and clean water; and play a vital role in maintaining a stable global climate and environment. All of these elements taken together reinforce the message that forests are vital to the survival and well being of people everywhere, all 7 billion of us.

Fonte: ONU
http://www.un.org/en/events/iyof2011/

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Copinhos reaproveitados





Parte do sucesso na redução do lixo do PICNIC Mirabolante foi graças ao uso de copos plásticos de requeijão. Perfeitos para serem reaproveitados, a Monique e a Clemence levaram um monte deles limpinhos para tomarmos as bebidas. Assim os copinhos (que por recomendação do parque não podiam ser de vidro) puderam ser usados e depois voltar para serem usados mais vezes. Eles também são ótimos para congelamento de comida. 

Quero agradecer especialmente aos nossos convidados que também contribuiram levando seus copos de casa! Foi muito bom ver todos entrando no clima para proteger o meio ambiente reduzindo os gastos com descartáveis. Valeu!!!

A terceira foto foi tirada pela Débora, filha da Monique.